RN inicia vacinação de crianças entre 5 e 11 anos de idade

RN inicia vacinação de crianças entre 5 e 11 anos de idade


Governadora destaca importância da imunização também para o retorno seguro às aulas

O início da vacinação das crianças com idade entre 5 e 11 anos no RN começou na manhã deste sábado (15), na Unidade Básica de Saúde do bairro Amarante, município de São Gonçalo do Amarante, 24 horas após o Governo do Estado receber do Ministério da Saúde o primeiro lote da vacina com 20.900 doses.

As vacinas chegaram nesta sexta-feira (14) e já foram enviadas pela Secretaria de Saúde do Estado aos municípios. “Que alegria estarmos acompanhando, aqui em São Gonçalo, a aplicação das primeiras vacinas de nossas crianças. Um processo que começa tarde porque, mesmo a Anvisa tendo autorizado desde 15 dezembro, só agora o Ministério da Saúde enviou. Nós do Governo do Estado vamos fazer a nossa parte: cobrar do Governo Federal o envio de mais imunizantes e agilizar a distribuição para que os municípios possam vacinar 100% dos nossos meninos e meninas”, disse a governadora.

Fátima Bezerra registrou ainda que “quem ama cuida e protege. É isso que os pais estão fazendo. A importância da vacina para as crianças não é diferente da dos jovens e adultos. Quero conclamar todos os pais a levarem seu filhos à vacinação em cada município do nosso Estado, porque vacina é cuidado e proteção, vacina salva vidas, o SUS salva vidas!”, enfatizou.

Cadastrar as crianças como dependentes no portal RN + Vacina – https://rnmaisvacina.lais.ufrn.br/cidadao/ – agiliza o processo de vacinação. A orientação é do secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia, que acompanhou a governadora em São Gonçalo do Amarante. “Os pais devem cadastrar as crianças no RN + Vacina para que tenhamos maior controle e mais rapidez na vacinação. A Sesap e a governadora estão fazendo sua parte para proteger a vida e as crianças”, pontuou.

A Coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Kelly Lima, disse que a quantidade de vacinas ainda é insuficiente – vez que o RN tem 355 mil crianças na faixa etária de 5 a 11 anos, e o primeiro lote chegou com apenas 20.900 doses – menos de 10% das necessidade. “A nossa expectativa é recebermos lotes semanais e prosseguir com a vacinação, sem descontinuidade, para salvar vidas”, declarou.

O secretário de saúde de São Gonçalo, Jalmir Simões, agradeceu o empenho do Governo do Estado e da Sesap e também registrou que a vacinação das crianças permite o retorno às aulas presenciais com mais segurança e tranquilidade.

A senadora Zenaide Maia, que é médica infectologista, defendeu a necessidade da vacinação e disse que os maiores avanços na saúde pública foram conquistados com fornecimento de água tratada e vacinas. “Devemos tomar a vacina porque ela evita casos graves e salva vidas”.

A primeira criança vacinada contra a Covid-19 no Rio Grande do Norte é Emerson Miguel, de 9 anos de idade. Lenilma Tavares, moradora do bairo Jardim Lola, em São Gonçalo do Amarante, mãe de Miguel, disse que aguardava ansiosa o momento de vacinar o filho. “Toda a nossa família está vacinada, faltava Miguel. Agora ele também está protegido e imunizado”, afirmou. Consciente da importância da vacina, ela conclama todos os pais a vacinarem seus filhos. “Espero que todos tenham essa consciência. Protegidas as crianças podem voltar às aulas com segurança e proteger também os professores”, acrescentou Lenilma.

Presente da ciência

O comerciante Alexandre da Silva Costa, residente no bairro Jardim Lola, trouxe sua filha Alessandra Silva, de 9 anos, para tomar a vacina no primeiro dia. “Considero muito importante a vacinação. Ela protege a criança e ou outros também, é um ato de saúde e de cidadania”, afirmou Alexandre para lembrar que sua filha completa 10 anos de idade neste domingo, 16. “O presente dela foi dado pela ciência, com a vacina. O melhor presente”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.