Prefeito Allyson exonera 450 comissionados para pressionar vereadores

Prefeito Allyson exonera 450 comissionados para pressionar vereadores

Exoneração de comissionados é vista artimanha de Allyson para controlar ímpeto de vereadores que desejam lançar candidatura a deputado

Em mais uma manobra bem articulada que vai provocar muitas alterações dentro do seu agrupamento político, o prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra (Solidariedade), exonerou com uma só canetada, nada menos que 450 servidores comissionados.

Alegando uma reforma administrativa, o que o prefeito quer na verdade é chamar a atenção dos vereadores de sua base aliada, que estariam dispostos a alçar voos mais altos, com o propósito de se lançarem candidatos ao cargo de deputado estadual.

Com a exoneração dos cargos comissionados, o prefeito vai reordenar a liberação dos cargos de acordo com o que cada vereador se dispor a oferecer de apoio aos seus candidatos nas próximas eleições e evitar com isso que várias candidaturas sejam lançadas, atrapalhando dessa forma seus projetos para 2022.

Embora tenha plantado matérias em blogs de alguns dos seus prestadores de serviço, de que a primeira-dama, Cínthia Pinheiro não estaria na lista dos pré-candidatos (as) à Assembleia Legislativa, o prefeito continua realizando ações de bastidores que dizem exatamente o contrário.

Antecipando essa manobra o vereador Zé Peixeiro rompeu com o prefeito, antes que as exonerações fossem confirmadas, com isso evitou se curvar as imposições do prefeito e já trabalha sua pré-candidatura a deputado estadual.

Outros nomes que já esboçaram o desejo de lançar candidatura a deputado em 2022, deverão abortar o projeto e atender as orientações do prefeito, ou manterem suas ideias e perderem os cargos comissionados que possuem dentro da gestão municipal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *