No RN as mulheres comanda 47% do setor de serviços

No RN as mulheres comanda 47% do setor de serviços

Na distribuição de empresas com gestão exclusivamente feminina, o segmento de serviços lidera a concentração de negócios. Segundo pesquisa do Sebrae divulgada nesta sexta-feira (5), 47% das empresárias do Rio Grande do Norte escolheram esse segmento para empreender. O segundo macrosegmento com maior número de empresárias é o do comércio, que reúne 35% dos negócios das empreendedoras potiguares, enquanto a indústria totaliza 10%. As mulheres à frente de empreendimentos da área da construção civil representam 1,4%, a terceira maior concentração do país, atrás dos estadosde Roraima (1,9%) e do Paraná (2,1%).

No rol de microssegmentos do setor de serviços, os da área de alimentação se sobressaem por agregar 36% de todas as empresas sob o comando feminino. E faz todo o sentido. No geral, as empreendedoras desse segmento começam a atividade ainda no próprio lar. Foi o que ocorreu com a dona de casa Najara Nascimento Alves. Depois de organizar a festa de aniversário da filha na escola, há seis anos, foi desafiada pela professora da escola a se tornar uma organizadora de festas infantis. E Criou um Instagram, publicou as fotos e começaram a surgir os clientes, inicialmente na própria escola.

A mesma rede social foi o pontapé para outro negócio de Najara Alves, que só surgiu há dois anos: cestas de café da manhã para presente, a Delícias da Nah. O Instagram deu grande visibilidade ao talento e cardápio diversificado do negócio de Najara, que também oferece cestas de lanches e chá da tarde.

Com o advento da pandemia, que no ano passado provocou o fechamento das escolas, a microempreendedora individual investiu prioritariamente nas cestas, feitas artesanalmente com palha de carnaúba. Todo o trabalho é realizado num espaço do próprio apartamento, aonde divide sua atividade empresarial e os afazeres domésticos. Segundo Najara Alves, com o apoio da filha menor, tem conseguido conciliar a jornada de mãe e dona de casa com o pequeno negócio.

“Tenho feito verdadeiras festas em cestas e bandejas. Ornamento com balões e flores, coloco um mini-bolo decorado por mim mesma e vários itens de comidas, tudo personalizado e no maior capricho”, garante ela, que é carinhosamente chamada de Nah. Geralmente as encomendas são para celebrar aniversários, mas em datas festivas como o Dia das Mães a demanda cresce bastante.

No ano passado, Najara produziu e entregou 50 cestas de café da manhã no domingo do Dia das Mães, contando para isso com a colaboração de uma equipe de pessoas da família, incluindo entregadores. Oferece três tipos de cestas: para uma, duas ou três pessoas. “Eu entrei nesse negócio meio que por acaso e me encontrei. Adoro cuidar de cada detalhe das minhas cestas e bandejas. Sou perfeccionista e exijo dos meus fornecedores de cestas e acessórios o melhor acabamento possível das peças que utilizo. Tenho uma rotina organizada, porque para mim é um trabalho muito prazeroso”, regozija-se Najara, que planeja investir ainda mais no negócio que vem crescendo, com a orientação e o apoio do Sebrae-RN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *