Mossoró continua sem retomada das aulas presenciais

Mossoró continua sem retomada das aulas presenciais

Embora o Governo do Estado tenha liberado o retorno das aulas presenciais para 100% das escola pulicas e privadas, prefeito de Mossoró ignora medida

O prefeito de Mossoró, Allyson “influencer”, Bezerra(Solidariedade), continua fazendo birra  e se comportando como menino mimado.

Embora as escolas das rede públicas e privadas do Rio Grande do Norte, estejam liberadas para receber 100% dos estudantes nas atividades presenciais a partir desta segunda-feira, 4, como parte da última etapa do cronograma definido pelo Governo doestado, através da secretaria estadual de educação, o gestor de Mossoró decidiu ir contra essa orientação.

Embora os dados divulgados diariamente pela prefeitura sobre o programa “Mossoró Vacina”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), seja de ampliação do nmero de imunizados, a gestão municipal, não utiliza esse critério para agarantir o retorno das aulas presenciais, como tem ocorrido com o Governo do Estado e diversos outros municípios do estado.

A reportagem procurou manter contato com a secretaria municipal de educação, para que fosse apresentada uma justificativa, mas não obteve resposta, o que tem sai uma pratica comum por parte dos secretários municipais, que não possuem autonomia para se pronunciar.

Aulas presenciais no RN

As aulas presenciais no RN, foram suspensas em março de 2020, em razão da pandemia da Covid-19. A liberação não prevê a obrigatoriedade da retomada para os pais que preferiram continuar com os filhos em ensino remoto. Mesmo com a situação sob controle, o governo decidiu continuar com aulas remotas para os alunos que fizeram essa opção.

Segundo o secretário de Educação, Getúlio Marques, nenhum caso de Covid-19 foi notificado entre alunos, professores e servidores desde o início da retomada das aulas presenciais na rede estadual do RN. A retomada com a presença de 100% dos alunos, a partir de hoje, conclui o que foi planejamento e que vem sendo cumprido desde 26 de julho, quando houve a retomada de aulas presenciais parcialmente.

A rede estadual de ensino possui 429 mil alunos distribuídos em 588 escolas. Até aqui, vinha funcionando com 30% dos alunos com aulas presenciais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *