Governo investe R$ 8 milhões para consolidar Parque Tecnológico do RN

Governo investe R$ 8 milhões para consolidar Parque Tecnológico do RN

Empreendimentos de inovação tecnológica irão ocupar área de 50 hectares em Macaíba

O Governo do RN assinou, nesta quarta-feira (21), termo recebendo a cessão de área de 500 mil metros quadrados para instalação do Parque Científico Tecnológico Augusto Severo – PAX, no município de Macaíba. A área, de propriedade da UFRN, denominada Fazenda Jundiaí, conta com 70 salas (10m² a 172m²) com 15 mil metros quadrados de área construída e que irão abrigar centros de pesquisa e capacitação, laboratórios multiusuário, incubadoras tecnológicas e observatórios.

Para o início do funcionamento do Parque, o Governo do Estado vai investir R$ 8 milhões, por meio do Projeto Governo Cidadão via empréstimo junto ao Banco Mundial. “Hoje é dia muito importante, pois estamos dando mais um passo concreto para o presente e o futuro do Rio Grande do Norte. Quando assumimos a administração em 2019, o projeto PAX ia ser retirado da relação de investimentos para o empréstimo. Mas, tomamos a decisão firme de salvar o projeto e os recursos que iriam para outra área. Com trabalho coletivo do Governo, das prefeituras, universidades e setor produtivo chegamos ao dia de hoje, que representa mais uma fase vencida”, afirmou a governadora, professora Fátima Bezerra.

A previsão é de que o Parque Tecnológico do RN comece a funcionar para a sociedade em julho de 2022. Segundo a coordenadora do PAX, professora e ex-reitora da UFRN, Ângela Paiva, “após 8 anos de trabalho, o parque do RN será implantado com apoio decisivo do Governo do Estado e vai contribuir para produzir conhecimento, gerar emprego, renda, desenvolvimento social e econômico, dentro de sua concepção de parque verde e comprometido com o desenvolvimento social e econômico sustentável”.

“O parque é uma grande inovação e resultado de uma gestão que integra empresas, academias e governo. A ciência é para hoje e para o futuro. Vencemos um calvário burocrático e estamos fazendo um casamento entre ciência e governo, com parcerias das universidades e empresas. Temos tudo para dar certo. Estamos fazendo a boa história do RN”, declarou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado.

O reitor da UFRN, José Daniel Diniz, lembrou que a iniciativa de implantar o parque tecnológico do RN vem desde 2013. “Discutimos a importância de um parque tecnológico para o Estado. Com a evolução foi definido o projeto PAX que agora ganha impulso. Dispomos de uma grande área e prédio que representa investimento de mais de R$ 30 milhões, construído coletivamente. O parque será divisor de águas para o empreendedorismo. O Governo do Estado vai investir R$ 8 milhões e a UFRN continua parceira do Estado. Externo minha total confiança no sucesso do projeto.”

A Federação das Indústrias do RN (Fiern), a Federação do Comércio do RN (Fecomércio) e as prefeituras de Macaíba, São Gonçalo do Amarante, Parnamirim e Natal são parceiras do projeto. Para o presidente do Comitê de Inovação, Ciência e Tecnologia e diretor da Fiern, Djalma Barbosa da Cunha Júnior, o parque é oportunidade para novos negócios e conhecimentos. “Aproximar a academia da atividade econômica gera produção, riqueza, trabalho e renda. O Governo do Estado tem papel importante neste processo e contribui para o avanço do conhecimento, da tecnologia e na inovação”, disse.

Para o prefeito de Macaíba, Emídio Júnior, o Parque Tecnológico do RN é resultado de uma grande batalha do Governo do Estado. “Conheço bem a realidade da nossa população. Fomentar ciência e tecnologia implica também na geração de emprego e oportunidades de trabalho. O parque é um projeto grandioso para Macaíba e para todo o RN”, avaliou.

Após assinar o termo de cessão, Fátima Bezerra declarou: “na condição de professora vejo que hoje corrigimos uma lacuna injustificável — a do RN não ter avançado no desenvolvimento tecnológico. Mas unimos o Governo do Estado, prefeituras, universidades e o setor empresarial. Demonstramos mais uma vez nosso compromisso.  Não tenho dúvidas do sucesso do Parque Tecnológico para o desenvolvimento do RN. Confio em dias melhores para o RN”, finalizou.

A solenidade, no auditório da Governadoria, em Natal, contou também com a presença do vice-governador Antenor Roberto, secretário-adjunto da Sedec, Sílvio Torquato, assessora do Gabinete Civil, Laíssa Costa, presidente da Fundação de Pesquisa do RN (Fapern), Gilton Sampaio, diretor-executivo da Fecomércio, Fernando Virgílio, vice-prefeito de Macaíba, Neto França, secretários e vereadores do município, representante da prefeitura de Natal, São Gonçalo e Parnamirim, representantes da UERN, UFERSA, IFRN, Instituto de Ensino e Pesquisa Alberto Santos Dumont (ISD), Serviço de e Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte (SEBRAE/RN).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *