Gestão de Alysson prevê aumento em 120,60 % em despesas com Comunicação social

Gestão de Alysson prevê aumento em 120,60 % em despesas com Comunicação social

Enquanto na gestão anterior os recursos previstos no PPA, foram de 13.086.876,43, o que dá uma média anual de R$ 3.271.719,11na proposta do “Prefeito Influencer”, o valor salta para R$ 28.869.078,00, o que dá uma média anual de R$ 7.217.269,50.

A proposta de PPA, Plano Plurianual, enviado pelo prefeito Allyson “influencer” Bezerra(Solidariedade),para apreciação da Câmara Municipal de Mossoró tem diversas incongruências e inúmeras aberrações, no entanto chama atenção a vultuosa quantia, prevista para gastos na Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Mossoró, nos próximos 4 anos. Segundo a previsão o PPA, as despesas vão aumentar nesse novo ciclo de 4 anos em mais de 120%, o que se contrapõe ao contexto alardeado pelo prefeito de calamidade financeira enfrentada pelo Executivo mossoroense.

As despesas realizadas pela última gestão da prefeita Rosalba Ciarlini, 2017-2020, foram R$ 13.086.876,43, o que dá uma média anual de R$ 3.271.719,11. Na proposta enviada para à Câmara, o prefeito Alysson Bezerra solicita uma injeção de 120,60% nesses números, saltando os gastos para R$ 28.869.078,00 em 4 anos. Uma média anual de R$ 7.217.269,50. Se levarmos em consideração a sede de gastos com publicidade já demostrados no início de gestão podemos entender que legalmente, pelo prefeito ter a prerrogativa de livre remanejamento do orçamento autorizado pela Câmara de 25%, esses valores podem ser ainda maiores, algo em torno de R$ 36.086.347,50, ou seja, R$ 9.021.586,87 por ano em média.

O que tem incomodado no volume de recursos gastos, e no que está previsto para ser gasto nos próximos anos, é o fato desses recursos estarem sendo utilizados para promoção da imagem pessoal do gestor e não da imagem da cidade de Mossoró. O desejo de manter a pompa de youtuber custará muito para os cofres públicos. O custo médio para construção de uma Unidade Básica de Saúde é de aproximadamente R$ 800 mil, ou seja, daria para construir 45 novas UBS. Em apenas 1 ano daria para construir 2 unidades de Pronto Atendimento, mais de 350 casas populares, 18 mil computadores, notebooks ou tablets novos para as Escolas Municipais. Apenas com os recursos alocados para a Secretaria de Comunicação Social para 1 ano daria para zerar a fila das cirurgias eletivas de Mossoró que se arrastam paralisadas.

Veja abaixo comparativos de gastos com comunicação entre as gestões de Rosalba e Allyson através da Secretaria de Comunicação Social:

Rosalba Ciarlini (valores já realizados)
2017 – R$ 1.003.321,50
2018 – R$ 3.946.225,30
2019 – R$ 4.657.948,12
2020 – R$ 3.479.381,51
Total R$ 13.086.876,43
Obs.: valores já realizados

Proposta de Alysson Bezerra (Valores podem ser acrescidos em 25%)
2022 – R$ 5.435.204,00
2023 – R$ 6.494.575,00
2024 – R$ 7.627.842,00
2025 – R$ 9.311.457,00
Total R$ 28.869.078,00

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *