A poética do jurista Evando Campos

A poética do jurista Evando Campos

Por Fabiano Souza

Com vasta produção poética, o advogado e poeta popular Evando Campos, natural de Rafael Godeiro, cidade situada na região do Médio Oeste do Rio Grande do Norte, nos presentei com dois de seus trabalhos mais recentes, que retratam momentos distintos da sociedade, e mostra sua visão poética sobre a soberania da vacina e sobre a divina criação da mulher. A poesia de Evando envolve o sentimentalismo romântico e o pelo religioso que norteia seu trabalho.

Viva a poesia!

Soberania/vacina

O princípio foi escrito, o que todos já conhecem,

de igual modo o fim, mas que muitos desconhecem,

e, entre início e fim, o avanço da ciência,

comprovando a excelência do Autor da providência.

A vacina é importante no combate à pandemia,

que traz imunização a toda população, preservando os seus dias,

comprovando, dessa forma, que não foi feita da noite p/ o dia.

Apesar da resistência de governos e líderes negacionistas sem noção,

a vacina tem avançado numa corrente mundial, de forma lícita e coerente

seguindo a Santa mão, em favor da população.

Num mundo desigual de valores invertidos propagado pelos homens,

inúmeras catástrofes pandêmicas têm surgido atingindo os escolhidos,

mas, o fim de todas às épocas tem sido, um show da vacina nos protegido.

Evando Campos

Mulher: criação de Deus

Os planos de Deus são eternos e com muita perfeição,

corroborados então, com a sua Santa, perfeita e bela criação;

Tudo que provém do Senhor é bom e Santo com bastante sapiência,

demonstrando em todo tempo que é superior à ciência;

E isso ficou evidente, sem deixar nenhuma dúvida a todo o presente e futuro que cria,

no feito de Deus na primeira cirurgia;

O resultado todos sabem, pois para Deus tudo é possível,

que completou sua criação, não com algo qualquer,

mas, com a criação da mulher;

A mulher é uma dádiva do Criador ao homem,

dotada de amor, sabedoria, humildade, coragem e obediência como crente,

na proliferação das semente;

A verdade é que a mulher, é uma flor maravilhosa de beleza peculiar,

devendo ser cultivada e cuidada como a videira do lar;

No decorrer da história e em todas as gerações,

a mulher sempre ocupou lugar de destaque, com trabalhos, proezas e ações,

seguindo as orientações do Senhor e auxiliando o homem com amor;

Concluo com muito zelo essa bela poesia, afirmando que a mulher é um ser de luz que merece todos os presentes e ser amada, recebendo os parabéns por ser a homenageada.

Evando Campos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *